Cença – OLHAR MASCULINO

onibus_lotado1Olá amigos e amigas, estou em debito sobre o post do mês passado assim esse mês vou compensar com 2…rsrs. Quem nunca pegou um ônibus lotado, daquele jeitinho bem apertadinho e quase ninguém nem consegue se mexer, as vezes até nem dar pra piscar…rsrs.

Os ônibus coletivos são feitos de fato para encher de pessoas e facilitar as idas e vindas de um bairro para outro, uns acham ruim outros até adoram, de certo que por vezes realmente a quantidade de pessoas parecem nem caber, ouvi uma frase que dizia:

” Há mais gente que o infinito”…rsrs, alguns ônibus as vezes estão assim, mesmo assim consegui vê certas belezas no transporte publico, assim escrevi esse texto:

Cença.

Olhares fitos, todos em uma mesma direção. Impaciente, preocupados, ansiosos; enfim ele chega. A pressa os trai e tornam-se selvagens, empurram, espreme-se e entram.

Olhos distraídos, cansados, fechados, assombrados e até uns tanto inchados. Fragrâncias com odores misturam-se, narinas não conseguem diferenciar. Cabelos pintados, escovados, molhados, bagunçados… Arrepiados. A palavra mais ouvida é a CENÇA, na pressa só se ecoa essa CENÇA… LI… CENÇA! Pés sobre pés, orelhas abaixo de cotovelos.

Rostos arredondados bem traçados, outros não figurados, olhos da cor da erva, do mel, do céu e da escuridão. Enfim ele se encaixa, espreme-se e passa; puxa e desce gostaria de saber seus nomes, mas não sabe o que dizer, segue a rotina de mais um belo e maravilhoso dia, vendo o ônibus desaparecer na próxima esquina.

E é isso, observe as pessoas que estão no ônibus com você, pois de manhã cedinho ha beleza da vida se mostra para nós…

Dia 25 eu retorno, trazendo mais um: OLHAR MASCULINO