Citação

O Alto Preço de Uma Amante

 

Ter um caso extraconjugal parece fácil, mas os riscos são grandes. Entenda se ele vale a pena

Novelas, filmes, livros, outdoors. Tudo pede para que você encontre uma mulher fora de casa. As propagandas de cerveja e as músicas do momento garantem que você será mais feliz se tiver uma amante. Mas fazer isso na vida real é mesmo tão fácil e prazeroso quanto na ficção?

É de conhecimento geral que manter um relacionamento extraconjugal não é fácil nem simples. Se ter uma esposa já carece de muito tempo do homem, manter duas relações exige ainda mais. Isso faz que muitos utilizem seu período de trabalho para se encontrar com a amante, o que, com certeza, pode prejudicar sua vida profissional.

Para manter um affair é preciso se esconder de todo mundo, lembrar-se de apagar o histórico do computador e do celular, ter uma conta de e-mail secreta, mentir sobre onde estava e arrumar álibis convincentes, caso a esposa queira conferir as informações, e lembrar das mentiras. Além disso há os custos de pagar restaurantes, motéis e outros gastos. E o que dizer quando o perfume da outra impregna a roupa? O que fazer com o coração que acelera quando o celular toca no meio da noite? E quando a esposa liga e você está “ocupado”?

Essa não é nem a metade da lista. Então, por que a traição existe? Simples: porque o homem é falho. Todos são inclinados ao erro e, em certas circunstâncias, vão errar. Isso não quer dizer, porém, que trair é inevitável. Toda infidelidade nasce com um pensamento, transforma-se no olhar mais desejoso e, possivelmente, no ato em si.

Se você pretende trair, é melhor repensar por que está casado. E, se não pretende, para que pensar e fantasiar, sabendo aonde isso poderá levá-lo? “Quem ama foge do mal e não confia na própria força”, escreveu o escritor e palestrante Renato Cardoso em seu blog. Para ele, não podemos acreditar que saberemos o momento de parar.

O fato é que o homem busca relacionamentos fora do casamento por acreditar que eles podem ser mais divertidos ou emocionantes. O que o infiel não percebe é que ele pode ter dentro de casa o tipo de relacionamento que busca fora, desde que mude as próprias atitudes. Por exemplo, se procura uma pessoa mais carinhosa, precisa ser mais carinhoso.“Para sempre ter uma esposa-amante, você tem que ser um marido-amante. É muito mais simples, barato e, no final, o prazer é maior”, conclui Renato.

Você acha que consegue?

Quantas vezes você já ouviu que “olhar não tira pedaço”? Você realmente acredita que um olhar é inofensivo ou apenas utiliza a frase como desculpa para seguir olhando? Para continuar enganando a si mesmo ao dizer que não faz mal dar uma olhadinha na atriz sensual, no site pornográfico, na vizinha? Jesus mesmo alerta que “quem olhar para uma mulher e desejar possuí-la já cometeu adultério no seu coração”

 

Texto Via

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s